Entenda os processos da gestão fiscal e tributária

No texto de hoje, vamos te apresentar o conceito de gestão fiscal e tributária. A gestão fiscal define-se por uma série de ações e procedimentos administrativos direcionados ao cumprimento de exigências da legislação tributária, um exemplo disso, seriam todas as atividades ligadas ao pagamento de impostos. 

Já a gestão tributária define-se em administrar todos os processos da empresa que envolvem os tributos e o planejamento estratégico dos negócios. Por isso, é extremamente importante contar com o apoio de uma empresa contábil que entenda todas as necessidades do empresário e forneça as informações necessárias para que a empresa caminhe da forma correta. 

Principais obrigações tributárias: 

  • Apuração e mensuração do lucro tributável;
  • Preenchimento e pagamento de impostos;
  • Monitoramento e cumprimento de prazos para pagamento de impostos.

Enquanto as obrigações da gestão fiscal de uma empresa podem ser divididas em dois grupos:

  • Obrigações principais: são referentes ao pagamento de tributos de qualquer tipo (taxas, impostos e contribuições). Ou seja, precisam ser cumpridas para que o negócio opere de forma justa e legal. 
  • Obrigações acessórias: apesar de não serem as principais, podem ser fundamentais para um controle mais transparente das transações financeiras de uma empresa e englobam a emissão de documentos fiscais (notas fiscais), registro e declaração para a Receita Federal.

Veja mais: Código de Conduta das Obrigações Fiscais 

Como tornar uma gestão tributária eficiente? 

Contratar um profissional capacitado para gerenciar corretamente a gestão tributária de uma empresa, é sempre a melhor solução. Mas lembrando, que os gestores e líderes devem estar atentos sobre como funciona esses processos. Sendo eles: 

Organização dos processos 

Para iniciar a organização, é necessário estar ciente das leis que regem a tributação no país. Além disso, ter um planejamento de estratégias garante que as tomadas de decisões sejam eficazes para as empresas. 

Planejamento

Reunir as informações que melhor se encaixam no seu cenário, possibilita que os créditos e incentivos fiscais sejam usados de forma mais eficiente. 

Gestão dos impostos

Um bom gerenciamento de impostos garante que você não corra o risco de desestruturar a empresa financeiramente, trabalhando com impostos desnecessários. Isso gera resultados negativos, fazendo com que a lucratividade diminua.

Prevenção de Riscos

Qualquer erro pode ser extremamente prejudicial para a empresa. Então, é muito importante que você tenha as orientações corretas de acordo com o perfil econômico da sua empresa. 

Qual é a importância da gestão fiscal para o seu negócio? 

No Brasil, é obrigatório seguir a legislação vigente para conseguir atuar no mercado. Entretanto, um dos maiores problemas enfrentados pelos empresários brasileiros, é a alta carga tributária. 

Na legislação do país todas as operações efetuadas pelas empresas são tributadas, incluindo compra, venda, lucro e renda, o que torna ainda mais difícil para os gestores administrarem os processos sozinhos. Isso sem contar a variação nas faixas de cobrança impostas para cada tipo de operação realizada.

A falta de organização com as demandas fiscais podem acabar resultando em investigações. Além disso, nos piores casos, como de sonegação fiscal, pode levar a punições, como multas ou até mesmo prisões. 

Conclusão

Tanto a gestão fiscal, quanto a tributária são fundamentais para a realização de ações e processos dentro de uma empresa. Os empresários e futuros empresários que desejam atuar no mercado de forma correta, devem estar atentos a todas essas informações e atualizações das obrigações impostas pelo governo. 

Gostou do conteúdo? Continue nos acompanhando para ler mais temas como este. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *