FORMAS PARA TER UM CONTROLE DE PONTO EFICIENTE

Realizar o controle de ponto da forma correta é uma tarefa bem difícil, não podemos negar. Mas, uma das principais utilidades do controle de ponto é evitar prejuízos financeiros para a empresa, como problemas a serem resolvidos com a Justiça  do Trabalho. 

Por isso, essa prática consiste em documentar os horários de entrada e saída dos colaboradores a fim de evitar tais problemas. Além disso, a partir do controle de ponto, é possível avaliar, baseado em dados, as faltas, atrasos, férias e horas extras.

Durante muitos anos, o controle de ponto foi feito de forma manual. Porém, atualmente, com o auxílio da tecnologia, é possível automatizar o controle de ponto. Mas para que você entenda com mais precisão como funciona cada detalhe desse assunto, continue lendo o texto. 

Veja mais: Descubra Como Funciona o Controle de Ponto Online

É obrigatório fazer controle de ponto

Antes de qualquer coisa, sim, as empresas são obrigadas a fazer o  controle de ponto quando possuem acima de 20 colaboradores. Conforme o artigo 74 da CLT, o registro pode ser feito de três formas: manual, mecânico ou eletrônico. Além disso, é muito importante que todas as empresas realizem o controle de jornada, principalmente por segurança jurídica. 

Por anos a legislação foi passando por alterações, principalmente devido à criação de novas leis. Com a portaria 1510, em 2009, o ponto eletrônico finalmente foi regulamentado, especificando as regras que devem ser seguidas. Com isso, o ponto eletrônico é um sistema moderno, que entrega informações em tempo real.

Lembrando que a falta de controle de ponto pode gerar algumas situações embaraçosas para as empresas. Por exemplo, fica muito mais difícil identificar os colaboradores que não estão cumprindo com a carga horária. 

Consequências de um controle de ponto mal organizado 

A falta de controle de ponto pode gerar diversos problemas para a sua empresa, caso algum colaborador decidir abrir processo trabalhista contra o seu negócio. Por outro lado, essa é uma situação fácil de ser resolvida, com o uso de um aparelho que permita a gestão de ponto.

Para evitar processos trabalhistas, basta ter uma boa gestão sobre o controle de ponto. Quando uma empresa é mal organizada, existe negligência com o pagamento de horas extras, por exemplo. De fato, o processo trabalhista não é algo que acontece imediatamente, mas pode ser fruto do descumprimento de regras.

Um software de registro de ponto apresenta todas as informações sobre a jornada de trabalho. É ele quem registra informações sobre horas extras, adicional noturno e descontos por faltas e atrasos. 

A importância do controle de ponto 

Ter um controle de ponto eficiente significa garantir uma rotina saudável para a sua empresa, além de ser uma ótima forma de organização. Mas não é só isso. O controle de ponto também serve para: 

  • Evitar processos trabalhistas: com o controle de ponto você consegue ter total controle sobre horas extras que os funcionários realizam, eliminando a possibilidade processos trabalhistas por esse motivo e fazendo com que o colaborador e a empresa cumpram a lei;
  • Reduzir custos e erros operacionais: ter um controle de ponto eficiente reduz significativamente os erros na folha de pagamento. Isso porque os registros impedem que pagamentos indevidos aconteçam. 
  • Gestão de ponto eficiente: com o controle de ponto eficaz, a empresa pode realizar uma gestão de ponto mais eficiente, analisando faltas, atrasos, e até mesmo horas extras. A partir disso, a empresa consegue promover ações que possam melhorar seu desempenho.

Conseguiu entender a importância de realizar um controle de ponto eficiente? Caso tenha interesse em adquirir os melhores aparelhos de controle de jornada para a sua empresa, entre em contato conosco.

One thought on “FORMAS PARA TER UM CONTROLE DE PONTO EFICIENTE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *